Imagem do Header da Postagem

Corretor Iniciante – Ser Autônomo ou Ir Para Imobiliária? Quais As Vantagens De Cada?

O mercado imobiliário continua em grande ascensão e crescimento no Brasil para qualquer corretor iniciante.

A prova disso é o aumento no número de corretores de imóveis. De acordo com a diretoria do Cofeci (Conselho Federal dos Corretores de Imóveis), atualmente a categoria conta com mais de 400 mil profissionais espalhados pelo país.

E para ajudá-lo a entender o que é mais vantajoso no início de sua carreira, neste artigo vamos falar se vale a pena exercer a profissão como autônomo ou se filiar a uma imobiliária. Confira!

O que é mais vantajoso para um corretor iniciante?

Para você que é corretor iniciante, finalizou o curso de TTI recentemente, concluiu a etapa de estágio obrigatório e já tirou o CRECI, entenda qual forma de atuação é mais vantajosa para exercer a sua profissão no mercado imobiliário:

Vantagens de ser corretor autônomo

De forma geral, os corretores autônomos são responsáveis por todas as etapas de um processo de negociação e venda de imóvel. Seja na captação de novos imóveis, intermédio nas negociações com clientes, visitas aos empreendimentos, prospecção de clientes, gerenciamento de carteira e rotinas contábeis.

Logo, o corretor que optar por atuar de forma autônoma precisa ter conhecimento sobre todas essas etapas e também garantir um bom fluxo de vendas, já que não contará com nenhum suporte externo.

As principais vantagens de ser um corretor autônomo são:

  • ter seus horários flexíveis, uma vez que é você que decide quando irá trabalhar, pois não tem nenhum vínculo com uma empresa;
  • local de trabalho adaptável, podendo escolher se irá alugar um espaço para ser seu escritório ou até mesmo atuar vendendo imóveis on-line;
  • receber o valor integral da comissão.

Vantagens de ser corretor filiado a uma imobiliária

O outro lado de atuação é ser um corretor filiado a uma imobiliária. A responsabilidade de vender os imóveis é a mesma, porém, com a infraestrutura de uma imobiliária, alguns respaldos são garantidos ao corretor iniciante, como:

  • a carteira de imóveis é fornecida pela própria imobiliária;
  • há suporte jurídico;
  • tem chances de ter uma troca de experiências e conhecimentos com outros profissionais da área;
  • conta com a infraestrutura local (salas, café, internet, impressora, etc).

Porém, alguns cuidados devem ser tomados também. É importante verificar a reputação da imobiliária e se ela está devidamente registrada no COFECI (Conselho Federal de Corretores de Imóveis) para garantir segurança em sua contratação.

Sendo assim, ambas as opções são vantajosas para os corretores. Depende muito do perfil e das suas expectativas também. Para os que desejam mais autonomia, liberdade e flexibilidade, atuar de maneira autônoma pode ser o ideal.

Agora, se você prefere algo mais estruturado e maior segurança, pode ser que a melhor opção seja filiar-se a uma imobiliária.

Agora que você já sabe as vantagens de cada uma das modalidades de ser um corretor autônomo ou filiado, confira também como está a procura de imóveis na pandemia de COVID-19 para não perder nenhuma oportunidade de mercado!