Skip to main content
O curso de T.T.I é suficiente na formação do corretor de imóveis?

O curso de T.T.I é suficiente na formação do corretor de imóveis?

Quem é corretor de imóveis, sabe desde as primeiras aulas do curso de T.T.I, como é conhecido o Técnico em Transações Imobiliárias, que a profissão é regulamentada pela Lei Federal nº 6.530 de 1978, que diz para exercer a função é preciso ser possuidor de um diploma do referido curso ou em curso superior equivalente.

Disponíveis nas modalidades online e presencial, tanto o curso de T.T.I quanto a faculdade de Gestão em Negócios Imobiliários, devem ser cadastrados e credenciados pelo MEC para que seus diplomas sejam válidos.

Depois de matriculado e cumprindo a frequência exigidas pelos cursos, é possível requerer ao CRECI do seu estado, cumprir estágio em uma imobiliária ou junto a um corretor que já esteja exercendo a profissão.

Cumprido o estágio, recolhidas as taxas cobradas pelo CRECI, cabe ao candidato aguardar ser diplomado como Corretor de Imóveis só aí, é possível começar a exercer a profissão, intermediando a compra e venda de imóveis.

Esse período pode variar desde 6 meses até 2 anos, dependendo da escola e dos trâmites das delegacias regionais do CRECI. A espera pode ser bastante angustiante para quem deseja começar logo a trabalhar com regularidade.

Mas no que diz respeito ao conhecimento oferecido e as experiências proporcionadas, essa espera se justifica? Ao receber seu diploma e sua condição de corretor de imóveis o profissional está realmente preparado para um mercado tão competitivo quanto o imobiliário?

Pois bem, não posso responder de modo geral, pois posso ser injusto com alguns cursos e escolas, mas baseado na minha experiência e na de muitos corretores e colegas com os quais já conversei a respeito, a resposta é NÃO.

Para ser justo com os diversos cursos de T.T.I que existem e aproveitar este espaço para ajudar aqueles que desejam ingressar na profissão, vou escrever neste artigo itens, ou disciplinas que você deve considerar ao escolher uma escola para fazer sua matrícula e se formar como corretor de imóveis!

Matemática Financeira

Por incrível que pareça, muitos cursos de formação de corretores não abordam o tema e quando abordam, fazem isso de maneira muito superficial. É fundamento para a formação do corretor conhecer os conceitos de matemática financeira, entender o funcionamento e a utilização de calculadoras como a HP12C e aplicar esses problemas na solução de problemas operacionais relativos ao mercado imobiliário, como cálculos de juros, valor presente e antecipação de parcelas por exemplo.

Técnicas de Marketing Digital

Você está lendo um artigo publicado em um blog mantido por um software imobiliário, o Tecimob. Um software imobiliário é item fundamental no trabalho do corretor de imóveis e muitas vezes, ele vai se deparar com esta importante ferramenta já exercendo seu trabalho, sem nem sequer ter escutado falar no curso de T.T.I, e este é só um exemplo. Existem centenas de outras ferramentas e técnicas que merecem ser abordadas em um curso de formação profissional.

Tecimob - Site para corretor de imóveis e imobiliária

Nosso mundo é cada vez mais online e conhecer novas técnicas e ferramentas de marketing estão entre as competências dos novos corretores. Portanto, verifique se na sua formação serão abordadas técnicas de marketing digital. A maioria deles apresenta apenas a mídia tradicional (jornal, mala direta, placas) como forma de captação, e isso nós já sabemos, não ser mais suficiente.

Técnicas de Negociação

Qual a posição correta do corretor em uma negociação? Ele vende ou o cliente compra? Ou o certo é assumir a figura de um intermediador, ajudando na negociação entre duas partes. Qualquer que seja a posição é importante que o curso aborde técnicas de negociação para que o futuro corretor possa desenvolver sua maneira de trabalhar no futuro.

Atendimento ao cliente

A internet também modificou a abordagem e o atendimento ao cliente. Um curso de formação de corretores deve proporcionar aos seus alunos uma visão ampla de como os profissionais do mercado imobiliário devem se posicionar para atender e entender este novo consumidor.

Os cursos de formação de corretor abordam temas importantes como documentação imobiliária, noções de administração e até técnicas de redação. O problema é que muitos desses conteúdos estão defasados e isto se reflete na qualidade dos profissionais que chegam ao mercado.

É preciso que neste conteúdo programático sejam incluídos temas como a regulamentações de empreendimentos e desenvolvimento de incorporações imobiliárias, documentação para compra e venda de imóveis, técnicas de construção e desenho arquitetônico por exemplo.

Infelizmente, a rotina do corretor de imóveis é bem mais exigente do que aquela apresentada nos cursos teóricos. É na realidade prática que o profissional vai conhecer as práticas e procedimentos que farão dele um profissional de sucesso, o que está tudo certo, na maioria das profissões é assim.

Mas será mesmo que os cursos de formação de corretores não poderiam repensar seus conteúdos, oferecendo temas modernos e atuais para seus alunos? Eu acredito que sim. E penso que nós todos, gestores, corretores, profissionais de marketing entre outros que fazem o mercado imobiliário, temos grande responsabilidade com esses novos profissionais, por isso devemos compartilhar experiências como fazemos aqui neste blog.

O que você pensa a respeito deste assunto? Acredita que o T.T.I. é suficiente na formação do corretor? Ou ao contrário, crê que eles sejam ótimo e existe pouca coisa a melhorar. Conte para nós nos comentários.

 

Deixe o seu comentário!

Comentários

Denis Levati

Profissional do mercado imobiliário com experiência na implantação e no desenvolvimento do atendimento online e na otimização de resultados de anúncios digitais.

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE