Skip to main content
Ilustração Como tirar CRECI e o que a carreira de corretor de imóveis exige de você?

Como tirar CRECI e o que a carreira de corretor de imóveis exige de você?

A carreira de corretor de imóveis surge para muitos como uma oportunidade de obtenção de maiores ganhos financeiros, atraindo profissionais que procuram maior flexibilidade nos horários de trabalho e melhoria de qualidade de vida, principalmente no atual momento de crise econômica do país.

O CRECI – Conselho Regional de Corretores de Imóveis – é o órgão responsável pelo registro profissional do corretor imobiliário, indispensável para a atuação em compra, venda e aluguel de imóveis e terrenos.

Segundo a Lei Federal nº 6530/78, apenas os profissionais autorizados pelo CRECI podem realizar o registro de propriedades, ou seja, sem esta certificação, a atividade é considerada ilegal. Mas como tirar o CRECI, corretor de imóveis? Confira algumas informações abaixo:

Qualificação Profissional

A qualificação profissional através de um curso de formação é o primeiro passo para o cadastramento obrigatório no CRECI. Este exige a apresentação de um diploma de conclusão de um curso reconhecido pelo conselho.

Aqueles que desejam seguir carreira como corretor imobiliário podem cursar, por exemplo, o curso Técnico em Transação Imobiliária (TTI), a Faculdade de Ciências Imobiliárias, ou o curso de Gestão Imobiliária. É essencial procurar obter informações sobre estes cursos e seu reconhecimento por parte do CRECI.

Estágio

O estágio também uma etapa a ser concluída para o credenciamento do profissional junto ao CRECI. Este deve acontecer durante o período de qualificação profissional do corretor e é uma excelente oportunidade para aliar conhecimentos técnicos e teóricos adquiridos durante o curso à realidade do mercado.

Para isso, é importante se informar junto ao conselho da sua região e conferir as regras válidas para o seu Estado.

Registro no CRECI

Com o diploma em mãos, você pode realizar seu registro no CRECI, órgão regulamentador da profissão de corretor de imóveis. Este pode levar de 30 a 90 dias, entre o preenchimento do protocolo de requerimento e a solenidade de entrega da carteira profissional.

A carteira vermelha certifica e autoriza o exercício da profissão, habilitando o profissional à realização de diversas funções dentro do mercado imobiliário.

A importância do CRECI

Os principais objetivos dos órgãos regulamentadores da profissão de correção de imóveis são publicar, fiscalizar e organizar o controle desta, garantindo a segurança das transações imobiliárias.

O COFECI – Conselho Federal dos Corretores de Imóveis – está acima do CRECI, fiscalizando todas as atividades dos profissionais do Brasil. Na página do órgão na internet é possível encontrar informações sobre os órgãos nacionais e conselhos regionais, bem como dados para contato.

Tecimob - Site para corretor de imóveis e imobiliária

Para aqueles que desejam investir na carreira como corretor de imóveis, é fundamental o investimento e os esforços no sentido de se tornar um profissional habilitado, contribuindo para o sistema de corretagem no país e fortalecendo a regularização da profissão.

Sendo assim, após fazer todos os procedimentos obrigatórios, você tem um caminho ainda maior para trilhar: exercer a profissão. E o que ela te trás de exigência mesmo após o processo de retirada do CRECI? Como muitos já sabem, os profissionais não costumam receber um salário fixo, pois seus ganhos por comissão estão diretamente relacionados aos resultados que apresenta ao longo do mês. Por isso, é preciso estar atento às exigências desta carreira no momento de decidir se realmente deseja seguir este caminho, mas como você já se esforçou em tirar o CRECI, não resta dúvidas de que ela é a profissão dos seus sonhos. Abaixo listei algumas exigências da carreira para você ficar atento:

Saber ouvir

Esta é uma das principais características que um corretor de imóveis deve apresentar. As transações imobiliárias costumam envolver não só elevados valores financeiros, mas também questões pessoais: a compra de um imóvel é um sonho para muitas pessoas. Isso significa que o profissional imobiliário deve ser capaz de ouvir mais do que falar, procurando entender os desejos e necessidades do seu cliente e lhe oferecer as ofertas de imóveis mais adequadas. O corretor que fala demais acaba por perder oportunidades de negociação, podendo não só se passar por “chato”, mas também deixando passar detalhes que poderiam garantir a venda.

Aprendizado contínuo

O mercado imobiliário exige de seus profissionais interesse, envolvimento e aprendizado contínuo. É preciso se manter atualizado e oferecer serviços cada vez melhores. O corretor de imóveis deve entender não somente das questões jurídicas relacionadas às transições imobiliárias, mas também do mercado financeiro, de marketing, economia e tecnologia, além de outras informações que contribuem para uma venda ou aluguel. Assim, a constante busca por conhecimento faz parte da profissão e exige dos profissionais motivação para participar de eventos, feiras e palestras e acompanhar sites que ofereçam informações sobre o mercado imobiliário.

Trabalho nos finais de semana

Por se tratar de uma profissão com horários flexíveis, é comum que as pessoas imaginem que o corretor de imóveis é um profissional que pode simplesmente montar sua agenda da forma como desejar ou tirar folgas a hora que quiser. Muito pelo contrário: o profissional imobiliário de sucesso deve estar ligado 24 horas por dia, 7 dias por semana. Isso porque, na verdade, o horário do corretor deve funcionar de acordo com os horários dos seus clientes. Se o cliente só puder realizar uma visita no domingo ou feriado, por exemplo, o corretor terá de atendê-lo, evitando perder uma possível negociação. A carreira de corretor exige, assim, trabalho árduo e brilho nos olhos, de forma a enfrentar diferentes horários de trabalho.

Planejamento pessoal

Seja trabalhando de forma autônoma ou através de uma imobiliária, é fundamental que o corretor de imóveis seja capaz de se planejar, tanto no que se refere aos seus ganhos financeiros quanto aos horários nos quais desenvolve suas atividades. Em meio à rotina, é importante que ele planeje suas finanças – para enfrentar os meses nos quais as negociações são menos volumosas – e o seu tempo – visando atender aos clientes da melhor forma possível, realizar suas atividades pessoais e se desenvolver profissionalmente.

Preparado para esse caminho cheio de desafios? Compartilhe suas experiências conosco nos comentários abaixo e oriente seus colegas que estão em dúvidas sobre entrar ou não na carreira.

 

Deixe o seu comentário!

Comentários

Henrique Fernandes

Customer Success - Trabalha para que o cliente utilize o produto ou serviço da maneira correta para alcançar seus objetivos, focando no, como o nome já diz, sucesso do seu cliente.

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE