Saiba como vender imóveis nos meios rurais

Se você é um corretor de imóveis do meio urbano e está pensando em migrar para o meio rural, é preciso pensar muito. O motivo é simples: há muitos assuntos que você precisa saber antes de começar a vender imóveis rurais, afinal, você precisará, acima de tudo, gostar do ambiente da profissão no meio rural. O comprador que irá até você para adquirir uma fazenda quer, primeiramente, assessoria e consultoria acerca dos terrenos e das medições de cada imóvel. Sendo assim, você deve orientar acerca da topografia do lugar, do clima (se chove muito ou se faz muito sol), do sol (se é bom para plantar e em que época do ano é melhor colher), do capim (se a qualidade é boa para o gado), e de outros assuntos que qualquer corretor de imóvel rural tem conhecimento sobre.

Tecimob - Site para corretor de imóveis e imobiliária

Não o bastante, o corretor de imóvel no meio rural deve, ainda, assessorar o comprador acerca de Reservas Legais, IBAMA e o INCRA, além das APPs (Aréa de Preservação Permanente), para que o cliente saiba dos assuntos referentes a esse novo ambiente. Aliás, o comprador deve ser orientado acerca das APPs para que ele não modifique o terreno em hipótese alguma, com perigo de ser multado.

Se mesmo assim você quer ingressar nessa área e se familiariza com o ambiente rural, confira essas dicas.

Como vender?

A propriedade rural deve estar cadastrada no Cadastro Ambiental Rural (CAR) para que todas as informações possam ser acessadas facilmente. É necessário ter o CCIR (Comprovação da existência do Cadastro do Imóvel Rural) para que a propriedade possa ser vendida regularizada e legalizada. Se não tiver, é preciso fazer antes da concretização da venda: é como se fosse uma pequena escritura que comprova que a propriedade, literalmente, existe nos olhos da lei e do meio rural.

No primeiro semestre de 2015 foi lançado um novo sistema que visa modernizar a regularização fundiária, para que os fazendeiros e proprietários possam fazer seu cadastro e alterar as informações via internet, eliminando assim o trabalho manual e agilizando todo o processo de cadastramento. Assim, para vender imóveis nos meios rurais é preciso regularizar (até abril de 2016) o seu cadastro no Sistema Nacional de Cadastro Rural (SNCR).

O que é muito visto na venda dos imóveis rurais é a problemática nas transações de medições. Há anos, a medição da propriedade era feita por meio da corda, medindo assim, tanto na horizontal quanto vertical. Entretanto, atualmente, existe o sistema via GPS (preciso e aprovado pelo INCRA), que mede a propriedade apenas horizontalmente, eliminando também o aumento de preço que teria se uma fazenda tivesse lagos e pequenas montanhas. Sendo assim, para vender o imóvel rural, necessita-se fazer essa nova metragem para indicar o verdadeiro tamanho da propriedade.

Se você, corretor, precisa gerenciar seu site imobiliário, inclusive com as propriedades rurais, pode contar com a Tecimob, uma empresa que dispõe gratuitamente a plataforma para você trabalhar e organizar o seu site do jeito que quiser! Acesse agora mesmo!