[Vídeo] Retomada do Crédito: Reflexos no mercado imobiliário

Tecimob
Atualizado em

A baixa da taxa SELIC influência diretamente no mercado imobiliário. É a SELIC que dá a medida das outras taxas de juros usadas no país: do cheque especial, do crediário, dos cartões de crédito, da poupança. É a partir dela que os bancos calculam quanto cobrarão de juros para conceder um empréstimo. Quanto menor a taxa, mais “barato” fica para o consumidor fazer um empréstimo ou comprar a prazo. Como a taxa também influencia os juros que os bancos pagam quando emprestam dinheiro de alguém, o consumidor também pode ganhar com isso. Em geral, quanto maior a SELIC, maior o rendimento das aplicações de renda fixa, como poupança e CDBs.

O que é SELIC?

A taxa SELIC é a média de juros que o governo brasileiro paga por empréstimos tomados dos bancos. Quando a SELIC aumenta, os bancos preferem emprestar ao governo, porque paga bem. Já quando a SELIC cai, os bancos são “empurrados” para emprestar dinheiro ao consumidor e conseguir um lucro maior. Assim, quanto maior, mais “caro” fica o crédito que os bancos oferecem aos consumidores, já que há menos dinheiro disponível. O novo produtor de conteúdo do Tecimob. Artur Valentim preparou um vídeo com dicas para você compreender um pouco melhor sobre os reflexos da retomada do crédito em 2018 no mercado imobiliário.

Veja também outros materiais:

Encontre os materiais perfeitos para se aprimorar no mercado imobiliário e o que você precisa pra organizar a sua imobiliária!

Crie seu site imobiliário com o Tecimob

Com um conjunto de ferramentas pensado para o corretor de imóveis, você terá tempo de sobra para focar no que realmente importa: vender mais!

Gostaria de receber novos conteúdos no seu e-mail?

Preencha seu e-mail ao lado.