Imagem do Header da Postagem

Corretor De Imóveis – Saiba Como Está A Procura De Imóveis Na Pandemia

A procura de imóveis na pandemia causada pelo COVID-19 passou por várias mudanças no mercado imobiliário. Isso aconteceu porque as pessoas estão ressignificando a relação com as suas casas, já que estão passando mais tempo dentro desse ambiente.

Para você que é corretor de imóveis, entender como a procura mudou nesse período é importante para acompanhar o reflexo disso nos próximos anos também. Confira!

Como está a procura de imóveis na pandemia do coronavírus?

Com a pandemia causada pelo coronavírus, o lar se tornou o local mais seguro para quem quer passar por esse período ileso. Ter em casa um quintal para ficar um tempo ao ar livre ou uma varanda no apartamento agora é uma necessidade para muitos brasileiros.

Além disso, a procura de imóveis na pandemia também sofreu uma alteração significativa quando falamos de localização.

A busca por apartamentos nos grandes centros urbanos já não é uma prioridade, visto que as pessoas que agora podem trabalhar de casa – no modelo home office – não precisam estar próximas das empresas.

Os locais que antigamente eram procurados apenas para ter uma segunda moradia, como as cidades praianas, agora são prioridade. Com isso, os preços dos apartamentos na região litorânea aumentaram 30% desde 2020, segundo uma pesquisa feita pela Folha de São Paulo, após um período de queda muito grande.

O interior de São Paulo também ganha destaque quando o assunto é procura de imóveis longe dos grandes centros urbanos. Casas em condomínios fechados e apartamentos amplos são os principais na lista dos brasileiros.

Dessa forma, algumas das características mais procuradas por eles são:

Mais espaço interno para maior conforto

Os corretores imobiliários precisam acompanhar as mudanças do mercado durante a pandemia do coronavírus pois, muitas delas, serão permanentes na vida dos brasileiros.

A busca por imóveis maiores e com mais espaço interno é uma delas. Isso reflete o desejo de melhorar a qualidade de vida em casa, lugar onde as pessoas estão precisando permanecer por um bom período durante a quarentena.

Os bairros nobres não são mais prioridade

Como mencionamos, o modelo de home office dá maior flexibilidade de moradia aos brasileiros e, como muitas empresas estão aderindo o trabalho remoto, a localização dos imóveis em bairros nobres e urbanos já não é mais prioridade.

Com isso, o morador tem maior liberdade para escolher seu lar e os corretores de imóveis precisam se manter atualizados e descentralizar suas demandas apenas dos grandes centros urbanos.

Mesmo após o fim da pandemia de COVID-19 muitas dessas mudanças deixarão um legado na procura dos imóveis e marcarão o setor imobiliário, obrigando os corretores a se manterem bem atualizados sobre.

Agora que você sabe como anda a procura de imóveis na pandemia, veja também o que mudou nos imóveis por causa da pandemia de COVID-19.