Skip to main content
Ilustração Cuidados para que sua campanha de imóveis gere mais contatos no Facebook

Cuidados para que sua campanha de imóveis gere mais contatos no Facebook

Que o Facebook é hoje a principal rede social do mundo, isso não é novidade para ninguém. E que a grande maioria das empresas imobiliárias olhem para este canal como uma oportunidade de gerar negócios também é senso comum.

O que infelizmente não é comum, é ter o entendimento de uma estratégia clara para o canal e entender quais são os objetivos que se busca ao publicar um imóvel no Facebook.

Qual é a sua expectativa quanto a utilização do Facebook no seu negócio imobiliário? Sempre faço essa pergunta ao empresários que atendo e com unanimidade escuto: vender. Isso acontece, desde que o Facebook se popularizou, cansei de ouvir histórias de vendas que começaram na publicação de um simples anúncio.

Por vários motivos, nem sempre isso é possível. Mas é possível aproveitar a rede de várias maneiras e com custos (ainda) muito baratos em comparação com outras mídias. Para ajudar você a montar sua estratégia através do Facebook, compartilho 4 situações que observo sempre, mas que você não deve fazer de maneira alguma. Vamos a elas:

1. Pautar suas campanhas por métricas de vaidade.

O primeiro indicativo de quem publica no Facebook é medir os resultados através do número de likes (curtidas) que um anúncio ou post recebeu. Isso é tão efêmero e tão pouco efetivo quanto se preocupar com a quantidade de vezes que alguém viu seu anuncio no jornal.

Os likes são importantes, chamam a atenção de quem visita a página, mas não são fundamentais, nem de longe. Engajamento, Envolvimento e quantidade de pessoas que visualizaram a publicação são muito mais efetivos para o seu negócio, quer seja para reforçar a sua presença online, quando para gerar tráfego para o seu site. Aliás é sobre isso que falo no próximo tópico.

2. Não linkar os posts para o seu site

Por mais básico que pareça, é incrivelmente grande o número de imobiliárias que fazem posts no Facebook e não direcionam um link para gerar tráfego no seu site.

Ao fazer isso, está perdendo uma das principais capacidades da rede social: trazer pessoas identificadas com a sua oferta para navegar no seu site.

Nos sites que administro, o tráfego de redes sociais gira em torno de 30% e às vezes, eu acho pouco. Dependendo da demanda do mês e da verba disponível para impulsão, o tráfego oriundo de Facebook e Instagram (lembre-se que ele também é do mesmo grupo) pode chegar a 40% e isso tem que ser considerado.

Utilizar o impulsionamento do Facebook requer um pouco de conhecimento que bem aplicado, será capaz de gerar campanhas com ótimos resultados para seu site. Você só não pode cometer o próximo erro.

3. Impulsionar a publicação sem segmentar

Vamos deixar claro uma coisa: o Facebook quer que você gaste dinheiro com ele. Por isso, a cada nova postagem que você faz como administrador de uma página, ele vai te sugerir que você gaste para ter um melhor resultado.

Está tudo certo, já deu pra entender que hoje é quase impossível um post atingir uma grande audiência. Estima-se que menos de 3% de sua base é realmente atingida a cada postagem, ao menos que você pague.

O problema é fazer isso através do botão impulsionar, apenas disponibilizando um valor, sem criar segmentação de público, local ou outras características, capazes de tornar uma campanha mais assertiva.

Tecimob - Site para corretor de imóveis e imobiliária

Se você quer utilizar uma verba no Facebook para dar visibilidade aos seus imóveis, faça isso, com certeza você terá resultados. Mas o que você não pode é queimar dinheiro através do botão impulsionar.

Por outro lado, a segmentação, que pode ser feita facilmente após algumas horas de dedicação em ferramentas nativas da própria rede social como Gerenciador de Anúncios ou Power Editor.

Vale a pena conhecer estas ferramentas antes de ir clicando no botão impulsionar. Elas também serão úteis para que você tenha contato com as métricas que realmente importam (engajamento por exemplo) e ajudaram você a diversificar os conteúdos de suas postagem, tema do próximo tópico.

4. Postar apenas conteúdos comerciais

O último cuidado que sinalizo neste post, que se não considerado irá interferir diretamente na quantidade de contatos gerados é a respeito da quantidade de conteúdos comerciais.

Tenha em mente que as pessoas não navegam no Facebook para ver anúncios mas sim para ver coisas que as atraíam. Por isso, você deve diversificar suas postagens com conteúdos variados como por exemplo: frases motivacionais, datas sazonais, conteúdo educacional, notícias, novidades e claro, posts comerciais.

Se você posta apenas conteúdo comercial, você não irá permitir que seu possível cliente uma identificação com seu negócio. Quer ter resultado através de Facebook? Seja lá qual for sua estratégia, captar contatos, ter mais visibilidade ou tráfego para o seu site.

Você precisa deixar de postar apenas imóveis e diversificar suas postagens.

Estas foram 4 dicas de erros muito comuns na elaboração de uma estratégia para Facebook. Ao configurar uma campanha e tomar esses cuidados você certamente terá um resultado mais eficiente.

Conhece algum erro que afeta diretamente o resultado? Conte aqui nos comentários.

Um abraço e até a próxima.

 

Deixe o seu comentário!

Comentários

Denis Levati

Profissional do mercado imobiliário com experiência na implantação e no desenvolvimento do atendimento online e na otimização de resultados de anúncios digitais.

Deixe um comentário

1 Comentário em "Cuidados para que sua campanha de imóveis gere mais contatos no Facebook"

avatar
acioli
Visitante

essas dicas esta sendo útil para o meu tipo de trabalho!!
vlw Denis

wpDiscuz
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE