Imagem do Header da Postagem

Como Funciona o Consórcio de Imóveis?

Atualmente, existem diversos modelos de consórcio, e o imobiliário é um deles. Porém, muitas pessoas ainda não sabem como funciona o consórcio de imóveis.

Entender sobre essa modalidade é importante, pois ela está em crescimento. Segundo o portal Exame Invest, o processo de aquisição de bens imobiliários tem sido facilitado, e cerca de 100% deles já são contratados por meio de plataformas digitais.

Trouxemos neste artigo mais informações sobre o assunto. Acompanhe!

Como funciona consórcio de imóveis?

Para entender como funciona o consórcio de imóveis, é necessário pensar em um grupo de pessoas que se unem em prol de um mesmo interesse, sendo ele, nesse caso, adquirir uma casa ou apartamento a fim de arrecadar uma determinada quantia durante certo tempo.

Com o passar dos meses, um integrante é contemplado com uma carta de crédito – um documento que é repassado ao consorciado para a aquisição do imóvel.

São oferecidos alguns planos com parcelas, prazos e valores para o pagamento, e o contemplado escolhe aquele que melhor se encaixa tanto em sua necessidade quanto em seu planejamento financeiro. Após isso, a pessoa contata a administradora e adquire a sua cota de consórcio.

Como é uma modalidade formada por grupos de consorciados, todos os participantes recebem uma cota, passando a fazer parte do grupo. Até o final do consórcio, todos os meses um participante é contemplado com o valor necessário para fazer a compra do seu imóvel.

Quais as vantagens dos consórcios de imóveis?

Essa modalidade oferece algumas vantagens aos compradores e corretores que decidem trabalhá-la.

Para os corretores, os maiores benefícios estão relacionados à criação de uma opção diferenciada de compra para os seus clientes.

Além disso, também podemos listar:

  • uma outra fonte de comissões sobre as cotas;
  • a carta de crédito é equivalente a uma compra à vista, logo, é possível negociar os imóveis diretamente com o cliente;
  • atuação em mercado mais aberto e regiões que são dominadas por outros corretores;
  • ambiente menos burocrático e menor taxa de juros.

Já as vantagens para os compradores, detalhamos melhor abaixo. Você, como corretor, pode elencar esses benefícios ao indicar um consórcio de imóveis aos seus clientes. Confira:

Não há cobrança de taxas de juros

Uma das maiores vantagens dessa modalidade é o benefício de não ter a cobrança das taxas de juros imobiliários. Isso acontece porque a intenção é usar o dinheiro das parcelas pagas pelos consorciados para a aquisição dos bens à vista.

Dessa forma, os consorciados precisam arcar apenas com taxas impostas pela administradora do consórcio. Geralmente, são elas:

  • taxa de administração – corresponde ao valor que a administradora cobra para administração do consórcio;
  • seguro – como os seguros de vida e quebra de garantia;
  • fundo de reserva – valor destinado a proteger os outros consorciados em caso de inadimplência por parte de algum membro.

Menos burocracia

Outro fator característico do consórcio de imóveis é ter menos burocracia para se realizar a aquisição, por conta das poucas exigências requeridas – de maneira geral, não é necessário comprovação de renda para conseguir uma cota.

Não há exigências de entrada

Todo o valor que o participante de um consórcio escolher será parcelado de forma integral, ou seja, não há necessidade de pagar uma porcentagem antecipada.

Assim, essa torna-se a alternativa ideal para aqueles que não possuem um montante requerido para dar uma entrada.

Agora que você já viu as principais informações sobre o funcionamento do consórcio de imóveis, não deixe de conferir <ilink to=“/saiba-tudo-sobre-leiloes-de-imoveis">como acontece o leilão de imóveis!